Telefone0800.600.4780 ou (43) 3026.4780, de seg. à sex, das 08:45 às 18:00 Whatsapp (43) 98427.4203
Instant Kovner

A lição que Bruce Kovner levou para a bolsa de valores

Quando você entra em um lugar, principalmente um lugar cheio de gente, você sempre procura por possíveis saídas de emergência para o caso de uma eventualidade, certo?

Se não faz isso, deveria.

Imagine se o lugar começa a pegar fogo.

Os segundos que você vai procurar por onde sair são preciosos.

Essa é a lição que Bruce Kovner levou para a bolsa de valores.

Esse investidor, que tem em seu currículo uma excelente vida acadêmica em Harvard – quando teve que lidar com o suicídio da mãe – e também até um tempo como chofer de táxi, nasceu em 1945.

Teve uma de suas mais importantes lições aprendidas em 1977, quando usou seu cartão de crédito para comprar US$ 3 mil em contratos futuros de soja.

Encarando o negócio como investimento, viu o papel subir para US$ 44 mil. Segurou o trade.

Só para vê-lo despencar para US$ 27 mil dias depois.

A lição foi aprendida em toda a sua complexidade.

Não só no que diz respeito a realizar o lucro na hora certa quanto também ao tamanho das posições que o trader pode e deve assumir na hora de realizar um negócio na bolsa de valores.

Basicamente, esse tombo lhe ensinou tudo o que precisava saber sobre gerenciamento de risco, uma ferramenta mais importante até que os setups de entrada para um trader.

Afinal, o tamanho da posição e a hora de entrar e sair são a única coisa realmente sob controle do trader na bolsa de valores. O resto é a louca e imprevisível movimentação dos preços.

Trabalhando sob o comando de Michael Marcus na Commodities Corporation, viu a empresa passar a fazer parte da hoje famosa Goldman Sachs.

Sua postura quanto ao gerenciamento de risco o fez ganhar respeito como um trader sóbrio que não se metia em furadas.

Lembra da história de antes mesmo de entrar em um lugar saber por onde vai sair?

Kovner é esse cara.

Finalmente, em 1983, toda essa fama o levou a fundar a Caxton Associateds que, com 14 bilhões de dólares em carteira, fechou para a entrada de novos associados em 1992.

Então, entre 2002 e 2016, Kavner se tornou diretor de uma grande empresa farmacêutica dos Estados Unidos.

Em 2011 ele pendurou as chuteiras da empresa bilionária de investimentos, dando lugar a seu parceiro Andrew Law.

Mas só para fundar a sua CAW Capital, voltada para trades, investimentos e outras atividades de negócios.

Entre outras lições dele podemos destacar:

  • Procure consensos em que, na verdade, todos estão errados: se você souber o que está fazendo vai ganhar enquanto todos irão perder;

Procure consensos em que, na verdade, todos estão errados: se você souber o que está fazendo vai ganhar enquanto todos irão perder;

  • Entre no mercado com a mão pequena: reduza suas posições pela metade para garantir sua saúde financeira e pessoal;

Entre no mercado com a mão pequena: reduza suas posições pela metade para garantir sua saúde financeira e pessoal;

  • Não se envolva emocionalmente com seus trades: é o caminho para o erro;

Não se envolva emocionalmente com seus trades: é o caminho para o erro

  • A análise técnica é ótima, mas há uma grande parte dela que é besteira: lembre-se que boa parte dela não prevê o futuro, mas apenas mapeia o passado;

Não se envolva emocionalmente com seus trades: é o caminho para o erro

  • Depois que você entrar no trade e posicionar stops, não fique olhando para o andamento do preço pois isso vai atrapalhar você.

 

Por falar em prever o futuro, não deixe de conferir nosso curso Raio-X Preditivo. Ele traz uma estratégia que, diferentemente de outras, não olha para o passado, mas para as causas e os possíveis efeitos dessas causas. E isto pode tornar você um trader tão bom quanto Kovner.

Avaliação dos Leitores
[Total: 5 Média: 2.2]

[contact-form-7 404 "Not Found"]
Avaliação dos Leitores
[Total: 5 Média: 2.2]