Telefone0800.600.4780 ou (43) 3026.4780, de seg. à sex, das 08:45 às 18:00 Whatsapp (43) 98427.4203

O QUE É DPGE?

O Depósito a Prazo com Garantia Especial do Fundo Garantidor de Crédito (DPGE) é mais um recurso dos bancos e outras instituições financeiras para captar recursos. Ao adquirir um DGPE, o investidor está emprestando dinheiro ao banco e passa a ser o seu credor.

Como o nome diz, possui garantia do Fundo Garantidor de Crédito – FGC até R$ 20 milhões.

Trata-se de um produto de investimento recente, criado em abril de 2009, do qual lançam mão principalmente os bancos pequenos e médios. Antes dele, essas instituições de menor porte tinham muita dificuldade de captar recursos, pois o FGC só garantia valores de até R$ 250 mil por CPF.

Os DGPEs podem remunerar a taxas pré ou pós-fixadas. O prazo de resgate é determinado no momento da contratação, mas não pode ser inferior a 12 meses nem superior a 36. Uma característica importante é a não poder resgatar antecipadamente nem parcialmente.

QUAL É A RENTABILIDADE DO DPGE?

A rentabilidade varia entre 105% e 125% do CDI – com uma média em torno de 113%. O CDI é uma taxa baseada no tráfego de valores entre instituições financeiras.

PARA QUEM É INDICADO O DPGE?

Os valores mínimos para investir em DPGE são altos, passando facilmente dos R$ 250 mil. Considerando que se trata de um empréstimo a instituições bancárias, normalmente de pequeno e médio porte, mas com garantia do Fundo Garantidor de Crédito até R$ 20 milhões, o risco é relativamente baixo.

Se você já é cliente da Equipe Trader/XP Investimento é só acessar sua conta e ir em Investimentos > Renda Fixa > Aplicar > Filtrar e na sequência selecionar DPGE. Como mostram as imagens abaixo.




Depósito à Prazo com Garantia Especial


Se você ainda não é nosso cliente, clique aqui e faça o seu cadastro! Assim você poderá seguir os passos anteriores e investir em DPGE.

QUAIS OS RISCOS DE INVESTIR EM DPGE?

Os riscos do DPGE são muito baixos, considerando suas características anteriores. O maior problema em relação a ele é a baixa liquidez e o fato de que se deve manter o investimento até o final do prazo mínimo de 12 meses. Assim, não é bom investir nele reservas de emergência. Sendo esta mais uma modalidade para diversificação de portifólio.

COMO É A TRIBUTAÇÃO DE DPGE?

O Imposto de Renda segue a tabela decrescente que vai de 22,5% sobre os lucros para prazos até 180 dias a 15% sobre os lucros para prazos superiores a 720 dias.

COMO FUNCIONA O DPGE?

Bancos, geralmente de pequeno e médio porte, precisam captar recursos para suas movimentações e investimentos. Para tanto lançam DPGE como maneira de obter empréstimos de investidores. O DPGE é garantido pelo Fundo Garantidor de Crédito até R$ 20 milhões e, do ponto de vista do investidor, é bastante seguro. O prazo mínimo é de um ano, o rendimento fica entre 105% e 125% do CDI, o imposto de renda é de 15% a partir de 720 dias de prazo.

QUAIS OS TIPOS DE DPGE?

Os DPGEs podem ser prefixados ou pós-fixados. Assim como CDBs, LCIs e LCAs, a maioria dos DPGEs é indexada ao Certificado de Depósito Interbancário (CDI).

QUAIS AS VANTAGENS E DESVANTAGENS DE X?

Vantagens

  • Baixo Risco.
  • Segurança – FGC.
  • Colaborar para o crescimento de uma instituição financeira de pequeno ou médio porte.
  • Garantido pelo FGC até R$ 20 milhões.

Desvantagens

  • Baixa liquidez.
  • Necessidade de ficar até o final do investimento.

[contact-form-7 404 "Not Found"]