Telefone0800.600.4780 ou (43) 3026.4780, de seg. à sex, das 08:45 às 18:00 Whatsapp (43) 98427.4203

O QUE SÃO TÍTULOS PÚBLICOS FEDERAIS / TESOURO DIRETO?

O Tesouro Direto é um Programa do Tesouro Nacional desenvolvido em parceria com a BMF&F Bovespa para venda de títulos públicos federais para pessoas físicas, por meio da internet.

Concebido em 2002, esse Programa surgiu com o objetivo de democratizar o acesso aos títulos públicos. Antes do Tesouro Direto, o investimento em títulos públicos por pessoas físicas era possível somente indiretamente, por meio de fundos de renda fixa que, por cobrarem elevadas taxas de administração, especialmente em aplicações de baixo valor, reduziam a atratividade desse tipo de investimento.

QUAL É A RENTABILIDADE DOS TESOURO DIRETO?

Varia de título para título. Via de regra, a rentabilidade é maior que a caderneta de poupança, mas para que isso seja garantido é necessário ficar com o título até o seu vencimento e não vendê-lo antes disso. O Tesouro Direto contribuiu para a diversificação e complementação das alternativas de investimento disponíveis no mercado, ao oferecer títulos com diferentes tipos de rentabilidade (prefixada, ligada à variação da inflação ou à variação da taxa de juros básica da economia – Selic), de prazos de vencimento e de fluxos de remuneração. Com tantas opções, fica fácil achar um título indicado para a sua necessidade.

PARA QUEM É INDICADO TESOURO DIRETO?

Além de acessível e de apresentar opções de investimento que se encaixam aos seus objetivos financeiros, o Tesouro Direto oferece boa rentabilidade e liquidez diária, mesmo sendo a aplicação de menor risco do mercado, esse Programa surgiu com o objetivo de democratizar o acesso aos títulos públicos, ao permitir aplicações com apenas R$ 30,00.

Representa, portanto, uma excelente oportunidade para você realizar seu planejamento financeiro sem complicação. As regras permitem que se compre até 0,1 título. Isto é, se um título custar R$ 800, o investidor pode comprar R$ 80 de um título.

Se você já é cliente da Equipe Trader/XP Investimento é só acessar sua conta e ir em Investimentos > Renda Fixa > Aplicar > Filtrar e na sequência selecionar TÍTULOS PÚBLICOS, como mostram as imagens abaixo.




TESOURO DIRETO


Se você ainda não é nosso cliente, clique aqui e faça o seu cadastro! Assim você poderá seguir os passos anteriores e investir em TÍTULOS PÚBLICOS FEDERAIS/TESOURO DIRETO.

QUAIS OS RISCOS DE INVESTIR EM TESOUSO DIRETO?

Os riscos são mínimos. A única chance de se perder o investimento por completo é se o país for à falência e não conseguir pagar suas dívidas. Mas aí todos os outros investimentos terão ido por água abaixo. Resumindo, os Títulos Públicos são a última fronteira em termos de segurança.

COMO É A TRIBUTAÇÃO DO TESOURO DIRETO?

Para pessoas físicas, segue-se a tabela regressiva do Imposto de Renda. Há ainda a taxa de Negociação (0,10% do valor de compra), a Taxa de Custódia – Bovespa (0,30% sobre o valor dos títulos, pago anualmente e a Taxa de Administração da Corretora).

COMO FUNCIONA O TESOURO DIRETO?

Para investir em Títulos Públicos basta ter conta na Equipe Trader/XP. A partir daí você acessa o site, escolhe o título ou os títulos em que quer investir e faz a compra (clique aqui para acessar). O dinheiro correspondente deve estar já depositado na conta corrente da corretora XP. Ao fim do período, que pode ser de muitos anos, você recebe seu dinheiro de volta ou pode reinvestir. Alguns títulos remuneram semestralmente os investidores. Outros apenas no vencimento. Consulte nossos assessores e busque o título mais adequado ao seu perfil e a sua perspectiva.

QUAIS OS TIPOS DE TESOURO DIRETO?

Títulos Prefixados: esses títulos são indicados se você acredita que a taxa prefixada será maior que a taxa de juros básica da economia (Selic). Por terem rentabilidade predefinida, seu rendimento é nominal. Isso significa que é necessário descontar a inflação para obter o rendimento real da aplicação.

Os títulos nessa modalidade são:

  • Tesouro Prefixado – LTN, e/ou Tesouro Prefixado com juros semestrais – NTN-F

Títulos Pós-fixados: Neste caso, os títulos têm seu valor corrigido por um indexador, taxa básica de juros (Selic) ou à inflação (IPCA). Assim, a rentabilidade da aplicação é composta por uma taxa predefinida no momento da compra do título mais a variação de um indexador.

Os títulos disponíveis nessa modalidade são:

  • Tesouro Selic (LFT)
  • Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais (NTN-B)
  • Tesouro IPCA+ (NTN-B Principal)

QUAIS AS VANTAGENS E DESVANTAGENS DO TESOURO DIRETO?

Vantagens

  • Rentabilidade de acordo com a taxa SELIC (livre de risco).
  • Indexados à inflação garantem o poder de compra.
  • Liquidez garantida pelo Tesouro Nacional.
  • Baixo risco.
  • Você estimula a economia do o país.
  • A partir de menos de R$ 100 você já pode investir.
  • Utilização como margem para atuar no mercado BM&F Bovespa.

Desvantagens

  • No caso do investidor desistir antes de 30 dias, IOF (regressivo).
  • Cuidado com as taxas de custódias: acima de 1% compromete a rentabilidade.

[contact-form-7 404 "Not Found"]