Telefone0800.600.4780 ou (43) 3026.4780, de seg. à sex, das 08:45 às 18:00 Whatsapp (43) 98427.4203

O QUE É BDR?

BDRs ou Brazilian Depositary Receipts é a forma mais simples de se investir em empresas estrangeiras. O BDR ou certificado de depósito de valores mobiliários, é emitido no Brasil, mas representa outro valor mobiliário (ação) emitido por companhias abertas com sede no exterior. A empresa brasileira que, por sua vez, emite o BDR é chamada de instituição depositária.

As empresas estrangeiras em que o público brasileiro pode investir incluem companhias como Apple, ArcelorMittal, Avon, Bank of America, ExxonMobil, GoldmanSachs, Google, McDonald’s, Pfizer, Wal-Mart, Citigroup, Alcoa, Cisco, General Electric, Intel, Merck, Microsoft, Procter & Gamble, WellsFargo, Amazon, Caterpillar, Chevron, Coca-Cola, Colgate-Palmolive, Mastercard, Monsanto, Nike, Oracle, Johnson & Johnson, JP Morgan Dell, DuPont, eBay, HP, entre outras. Geralmente, quem emite essas BDRs são bancos como Deutsche Bank, Citibank, Itaú Unibanco e Bradesco.

Os BDRs negociados no Brasil têm como lastro ações das empresas estrangeiras. As ações estrangeiras ficam bloqueadas no exterior na conta da instituição custodiante do programa numa entidade equivalente à CBLC.

QUAL É A RENTABILIDADE DO BDR?

A rentabilidade do BDR depende do desempenho que a empresa, cuja ação ele representa, no mercado em que atua, a estabilidade desse mercado e o desempenho do próprio BDR no mercado brasileiro, em que é negociada. Além disso, depende do câmbio entre a moeda brasileira e a moeda do país em que a empresa atua.

PARA QUEM É INDICADO BDR?

O BDR, como as ações, é indicado apenas a investidores dispostos a assumir algum risco sobre seus investimentos. Particularmente, para o investidor que pretende diversificar o “risco país”, apostando em mercados mais estáveis.

Não há restrição quanto ao tipo de investidor que pode negociar BDRs Patrocinados Nível II e Nível III (patrocinadas), pois são considerados investimentos no Brasil. Para investir em BDRs nível I, é preciso ter um montante considerável de capital já investido em outras aplicações. Instituições financeiras também podem investir em BDRs nível 1. Mas o investidor comum, se quiser, pode investir em BDRs nível 1 (não patrocinadas) através de fundos criados por essas instituições financeiras.

QUAIS OS RISCOS DE INVESTIR EM BDR?

O principal risco, além da flutuação dos preços do ativo, está relacionado com o câmbio. Todas as negociações em BDR são feitas em real, mas a conversão dos valores é realizada através do câmbio do dia entre a moeda brasileira e a do país sede da empresa. Além disso, os lucros podem ser comprometidos pelo Imposto de Renda, que obedece a tabela progressiva, podendo chegar a 22,5%, além de uma alíquota de 15% no ganho de capital (a diferença entre a compra e venda do BDR).

COMO É A TRIBUTAÇÃO DO BDR?

O Imposto de Renda incide sobre rendimentos sejam eles gerados por lucros de venda e sejam por dividendos. A tabela, além de tudo, é progressiva: rendimentos até R$ 1.499,15 são isentos; entre R$ 1.499,15 e R$ 2.246,75 paga-se 7,5%; entre R$ R$ 2.246,75 e R$ 2.995,70, 15%; entre R$ 2.995,70 e R$ 3.743,19, 22% e a última faixa, acima de R$ 3.743,19, paga 27,5%. O recolhimento mensal é feito através do carnê-leão, até o último dia útil do mês subsequente ao do recebimento do rendimento, sendo considerado antecipação do imposto devido na declaração de ajuste anual. Também, paga-se imposto sobre ganho de capital, com alíquota de 15% a cada operação, recolhida até o último dia útil do mês seguinte.

COMO FUNCIONA O BDR?

Para investir em BDRs nível I e II basta ter conta com a Equipe Trader e XP Investimetnos. Se o investidor quiser investir em BDRs nível I, pode fazê-lo através de um fundo.

QUAIS OS TIPOS DE BDR?

Existem dois tipos de BDRs:

Patrocinados: as próprias empresas disponibilizam diretamente seus valores mobiliários para serem negociados no Brasil. Para o investidor comum, o acesso se dá através de fundos das instituições financeiras. Não precisam obedecer os padrões de informação pedido pelo mercado brasileiro.

Não patrocinados: a instituição depositária, sem o envolvimento da companhia estrangeira, lança a negociação destes certificados aqui no Brasil. Há o comprometimento de envio de informações sobre a empresa dentro do padrão brasileiro e ao mesmo tempo que no país de origem da empresa.

QUAIS AS VANTAGENS E DESVANTAGENS DO BDR?

Vantagens

  • Melhor maneira de comprar ações de companhias estrangeiras.
  • Diversificação do “risco país”, investindo-se em mercados mais estáveis.
  • Possibilidade de amplas informações sobre as empresas estrangeiras, seguindo o padrão e critérios do mercado do Brasil.

Desvantagens

  • Imposto de renda: tabela progressiva para rendimentos e dividendos e 15% sobre ganho de capital.
  • Risco cambial: todas as operações são em Reais, mas a conversão dos valores é feita através do câmbio do dia.
  • Pede mais conhecimento do investidor, para entendimento dos riscos e valores para sua estratégia de investimento.

[contact-form-7 404 "Not Found"]