Telefone0800.600.4780 ou (43) 3026.4780, de seg. à sex, das 08:45 às 18:00 Whatsapp (43) 98427.4203

O QUE É UM FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO (FII)?

Fundos de Investimento Imobiliários são fundos lastreados em imóveis, geralmente, com remuneração proveniente de aluguéis. São fundos que investem em investimentos imobiliários: prédios comerciais, shopping centers, hospitais, aeroportos e outros. A exemplo dos outros fundos, são constituídos como se fossem condomínios em que cada participante adquire uma ou mais cotas e passa a ser, assim, um cotista. Cada fundo tem diversos cotistas e a soma do valor oferecido por todas as cotas é o patrimônio líquido do fundo. Pelo menos 75% do patrimônio do fundo imobiliário deve ser investido deve estar em empreendimentos imobiliários. O restante pode estar em títulos de renda fixa e cotas de outros fundos imobiliários. O diferencial deste fundo é que ele só passa a funcionar de fato quando todas as cotas tiverem sido vendidas. Para sair do fundo, o investidor deve vender sua cota na bolsa de valores ou no mercado de balcão organizado. Portanto, não há resgate de cotas, somente a venda para outro investidor, como se fosse uma ação. O investidor não é proprietário ou co-proprietário dos imóveis em que se está investindo.

QUAL É A RENTABILIDADE DE FUNDOS IMOBILIÁRIOS?

Os rendimentos são creditados mensalmente na conta do investidor. São debitadas as taxas do fundo e, ainda, 5% de um fundo de reserva. A rentabilidade pode ser um fator interessante de ser analisado, mas existem outros fatores que devem interferir com mais ênfase na decisão da aquisição de uma cota de um fundo: quais são os empreendimentos, qual a qualidade dos imóveis, se há muita vacância (se não houver aluguel, não há lucro), se há possibilidade de os imóveis se desvalorizarem. Portanto, não há como dizer ao certo de quando será o lucro ou a rentabilidade de um fundo de investimento em imóveis. Isso depende de inúmeros fatores.

PARA QUEM É INDICADO FUNDO IMOBILIÁRIOS?

É o ideal para quem quer diversificar seus investimentos em imóveis usando, ainda assim, um baixo valor inicial. É mais indicado para pessoas capazes de aguentar a flutuação do mercado imobiliário e que estão cientes de seus riscos, bem como preparadas para entender os melhores momentos para se investir nesse setor.

QUAIS OS RISCOS DE INVESTIR EM FUNDOS IMOBILIÁRIOS?

O maior risco dos fundos imobiliários é a taxa de vacância. Se um empreendimento não tem suas unidades locadas, o lucro proveniente dos aluguéis para o fundo não acontece. Assim, é importante analisar bem a situação dos imóveis da carteira: localização, qualidade, acabamento, se há unidades alugadas suficientemente.

COMO É A TRIBUTAÇÃO DE FUNDOS IMOBILIÁRIOS?

Não incide imposto de renda para rentabilidade obtida através dos aluguéis ou da venda de imóveis para pessoas físicas. Porém, no momento em que é feita a venda da cota ou das cotas de um investidor, se houver lucro, há uma alíquota de 20% sobre ele. Pessoas jurídicas são tributadas nos dois casos, sob uma alíquota de 20%.

COMO FUNCIONAM OS FUNDOS IMOBILIÁRIOS?

Para investir, basta ter uma conta com a Equipe Trader e XP Investimentos. Os rendimentos são creditados mensalmente em sua conta, se houver, e as taxas de administração e outras taxas, bem como os 5% relativos à criação de um fundo de reserva, também são debitados automaticamente.

VANTAGENS E DESVANTAGENS DOS FUNDOS IMOBILIÁRIOS

Vantagens

  • Investir em imóveis com baixo valor inicial.
  • Rendimento mensal.
  • Não tem imposto de renda para lucros provenientes de aluguel e venda de imóveis (para pessoas físicas).
  • Diversificação.

Desvantagens

  • Não garantidos pelo Fundo Garantidor de Crédito.
  • Taxas de administração: sempre procure as mais baixas.
  • Risco de vacância: sem aluguéis ou vendas, não há lucro.
  • Baixa liquidez: não há liquidação das cotas e é preciso comprar cotas de outros investidores para entrar e vender para outros para sair; dependendo da situação, um investidor pode querer vender uma cota por um valor mais alto do que ela vale ou querer comprar por um valor mais baixo.
  • Imposto de renda sobre o lucro da venda das cotas; alíquota de 20%.

[contact-form-7 404 "Not Found"]