Telefone0800.600.4780 ou (43) 3026.4780, de seg. à sex, das 08:45 às 18:00 Whatsapp (43) 98427.4203

O QUE SÃO CONTRATOS FUTUROS DE SOJA?

Os Contratos Futuros de Soja foram criados para garantir o preço desse produto tanto para os produtores como para os compradores e para qualquer empresa ou pessoa que esteja envolvida no ciclo comercial da soja.

O investidor, por sua vez, não precisa possuir o produto. O investimento é fixado em um contrato de acordo e, na data de vencimento, são pagos os valores acertados juntamente com a oscilação do mercado.

O ativo negociado possui as seguintes características:

  • Soja a granel tipo exportação.
  • 14% de umidade.
  • 1% de matérias estranhas e impurezas.
  • 30% de grãos quebrados.
  • 8% de esverdeados.
  • 8% de avariados (queimados, ardidos, mofados, fermentados, germinados, danificados, imaturos e chochos).
  • Até 6% de grãos mofados.
  • Até 4% de grãos ardidos e queimados.
  • Os grãos queimados não podem ultrapassar 1% e 18,5% de conteúdo de óleo.

A cotação é em dólares por saca. Cada saca equivale a 60kg, livres de ICMS. Um contrato, ou lote mínimo, equivale a 450 sacas totalizando 27 toneladas de soja.

Existe a possibilidade de, na liquidação, receber o produto, mas os investidores costumam preferir os valores em dinheiro mesmo.

QUAL É A RENTABILIDADE DOS CONTRATOS DE SOJA?

A cotação da Soja varia de acordo com a variação do preço desta commodity no mercado físico. O preço de um contrato, sua oscilação e, portanto, sua rentabilidade é determinado pelo preço da soja no mercado físico, bem como a proximidade de vencimento da data do contrato. Como se trata de uma commodity agropecuária, a lucratividade tem a ver com a sazonalidade, oferta e demanda. Assim, o investidor deve estar ciente que o Contrato Futuro de Soja é um commodity de renda variável em que se pode ganhar ou perder dinheiro de acordo com a flutuação dos preços.

PARA QUEM É INDICADO OS CONTRATOS FUTUROS DE SOJA?

O Contrato Futuro de Café Soja é um ativo de renda variável. Pode ser analisado usando-se a análise técnica, mas, ainda assim, é indicado apenas para aqueles investidores dispostos a assumir alguns riscos calculados e que tenham conhecimento do mercado e de suas oscilações.

QUAIS OS RISCOS DE INVESTIR EM CONTRATOS DE SOJA?

O mercado da soja é regido pela oferta e pela procura dessa commodity. O risco é de que em caso de compra de um contrato, o preço da soja caia e, portanto, haja perda. No caso de venda de contrato, se o preço subir, o investidor também fica no prejuízo. Outro fator de risco a ser avaliado é o preço do dólar, já que os contratos são cotados nessa moeda.

COMO É A TRIBUTAÇÃO DOS CONTRATOS DE SOJA?

Incide Imposto de Renda e o recolhimento é de responsabilidade do investidor. A alíquota é de 15% sobre a soma algébrica dos ajustes diários (se positiva). A apuração se dá quando do encerramento da posição. Há também 0,005% retido na fonte sobre a soma algébrica dos ajustes diários (se positiva).

Para operações de day trade (operações em que a compra e a venda do contrato acontecem no mesmo dia), a alíquota do Imposto de Renda é de 20%, mais o imposto na fonte, uma alíquota de 1%, se a soma for positiva.

Taxas de corretagem, taxas da bolsa e emolumentos podem ser deduzidos.

COMO FUNCIONAM OS CONTRATOS DE SOJA?

Primeiro, é preciso que o investidor tenha conta na Equipe Trader e XP Investimentos, depois disso, pode investir em Contratos Futuros de Soja a partir do seu home broker como se fosse uma ação.

O código do ativo é SFI mais a letra correspondente ao mês e um número correspondente ao ano de vencimento do contrato. Por exemplo, um contrato de Soja que vence em julho de 2016 tem o código SFI N 16. Os vencimentos dos contratos se dão apenas nos meses de março, abril, maio, junho, julho, agosto, setembro e novembro.

É feito o ajuste diário das posições pela Bolsa. Isso gera um crédito ou um débito na conta do investidor, que recebe lucros ou prejuízos todos os dias, conforme o caso. Esta é uma forma de proteger o mercado de inadimplências. Para tanto, a bolsa também lança mão da margem de garantia: um valor que deve ser depositado para garantir que o investidor terá fundos para pagar em caso de prejuízo. No caso da soja, essa margem costuma ser de 4,32% do total dos contratos negociados.

VANTAGENS E DESVANTAGENS DOS CONTRATOS DE SOJA

Vantagens

  • A principal vantagem é para produtores de soja, para quem compra soja e para qualquer pessoa ou empresa que faça parte do ciclo comercial desse produto, garantindo preços de compra e venda em determinada época.
  • Para o investidor comum, a possibilidade de especular a queda ou a alta do preço da soja. Se ele acha que o preço vai cair, ele vende contratos, investindo somente a margem inicial. Se ele acha que vai subir, pode comprar contratos.

Desvantagens

  • Os ajustes são diários: prejuízos e lucros são realizados no mesmo dia.
  • Margem de garantia de 4,32%.
  • Imposto de renda.
  • Existe um prazo de vencimento. Se você quiser ficar na posição para além do vencimento.
  • Renda variável: portanto envolve riscos.

[contact-form-7 404 "Not Found"]